Nenhum comentário

OFICINAS POPULARIZAM O CONSUMO DE PEIXE

Estão abertas de hoje até dia 28 de setembro, as inscrições gratuitas e limitadas para as Oficinas de Manipulação e Preparação do Pescado.  Nas atividades, que integram a Semana Nacional do Peixe, os participantes vão aprender a fazer receitas fáceis e acessíveis com o pescado.

Em Minas Gerais, a programação é uma realização conjunta do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) com apoio do Conselho Regional de Nutricionistas de Minas Gerais (CRN9) e dos cursos de nutrição do Centro Universitário de Belo Horizonte (UNIBH), da Faculdade Pitágoras, da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) Unidade Barreiro e da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).  A Semana do Peixe tem o apoio dos Governos Estadual e Federal. Para participar, os interessados devem preencher o formulário no link https://goo.gl/qjcSeQ. Dúvidas e informações no e-mail: oficinasemanadopeixe@gmail.com

 

MAIS PEIXE NO CARDÁPIO

Segundo Isabella  Reges, Chefe de Divisão do MPA em Minas Gerais,  “as ações da Semana do Peixe pretendem dar visibilidade e  promover o maior consumo do pescado,  visando uma cultura alimentar  mais saudável.”  Ela explica que, as ações deste ano terão o foco em “educação alimentar, qualidade de vida e sustentabilidade hídrica. ”

Além de apresentar o peixe como um cardápio saudável e repleto de nutrientes, as oficinas pretendem demonstrar maneiras fáceis de se prepará-lo.  Rico em proteínas, o pescado tem baixo teor de gorduras. Além disto, tem grande quantidade de minerais, entre eles cálcio, fósforo, iodo e cobalto, e é também fonte das vitaminas A, D e B.

Embora Minas Gerais seja um estado de muitos rios, comemos pouco peixe. Pesquisa do MPA e da Companhia de Desenvolvimento dos Vale do São Francisco e Paranaíba (Codevasf) apontam que o consumo per capta/ano em território mineiro é de 4kg de peixe.  Diante dos dados, Isabella comenta que é “preciso construir a cultura alimentar mais saudável com o pescado, que é uma grande fonte de proteínas”.  No que se refere à sustentabilidade hídrica, a chefe do MPA destaca que “a piscicultura se coloca como uma possibilidade de geração de renda e preservação ambiental, especialmente pelo cuidado com a água que o cultivo de peixe exige dos produtores.”

 

OFICINAS E INSCRIÇÕES

As Faculdades e Universidades parceiras da Semana do Peixe abrirão suas cozinhas para as oficinas. As inscrições vão até dia 28 de setembro no link https://goo.gl/qjcSeQ.  Ao se inscrever, o participante deve se atentar para  dia, horário e local ; como segue:

 

AGENDAS DAS OFICINAS SEMANA DO PEIXE

Data    Horário             local/Faculdade/ Universidade

30/09    14 h                  PUC MINAS – BARREIRO

30/09    18 h                  UFMG  – Unidade Av. Alfredo Balena

01/10    18 h                  PITÁGORAS – Unidade Centro

02/10    09 h                  UNIBH – Unidade Buritis

 

Dúvidas e informações no e-mail: oficinasemandopeixe@gmail.com

 

 

Matéria produzida por Antônio  Coquito, jornalista e assessor de comunicação do CRN9.