Acesso à informação Acesso à informação Atendimento on-line A
grafismo

CRN-9 participa do V Encontro Nacional de Formação Profissional do Sistema CFN/CRN

Temas como presencialidade, humanidade e ética alinhados à tecnologia foram destaques nos debates.

Nos dias 23 e 24 de outubro o Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) realizou, em Brasília (DF), o V Encontro Nacional de Formação Profissional (ENFP), evento que reuniu cerca de 200 participantes entre coordenadores de curso, docentes, estudantes de Nutrição e membros das comissões de Formação Profissional do Sistema CFN/CRN.

Com o tema “A Comunicação na Formação do Nutricionista: Cidadania, Ética e Inteligência Artificial”, a mesa de abertura foi composta pelo presidente do CFN, Élido Bonomo; pela coordenadora da Comissão de Formação Profissional (CFP/CFN), Liliana Paula Bricarello; Dyanara de Almeida Oliveira, representante da Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN); Mychelyne Ferreira Guerreiro, representante da Federação Nacional dos Nutricionistas (FNN);  e André Dias Araújo, representante da Executiva Nacional de Estudantes de Nutrição (ENEN).

Na oportunidade, Bonomo destacou que a realização do evento no formato presencial permitia aos participantes uma maior troca de experiências e discussões mais densas, atendendo a importância dos temas elencados. “Temos aqui uma grande oportunidade para debater a formação profissional. Nossa missão é entregar para a sociedade profissionais pautados pela ética, humanidade e formados com qualidade para prestar o melhor serviço à população. Para isso é fundamental termos momentos como este”.

Para Liliana Paula Bricarello, coordenadora da CFP/CFN, o evento foi uma construção conjunta com os conselhos regionais de Nutricionistas, permitindo estreitar laços com coordenadores de curso, docentes e estudantes de Nutrição, sendo um importante momento para reflexão sobre o futuro da profissão. “Estamos muito satisfeitos com o resultado do evento e isso está sendo confirmado pelo grande número de participantes e pela qualidade das palestras. Só temos a agradecer a todos pelo grande trabalho realizado”, disse.

O CRN-9 esteve presente no evento através da Diretora tesoureira Daniela Ferreira. De acordo com a diretora, o evento foi muito produtivo, foi organizado pela comissão de formação profissional do CFN com apoio e participação dos Regionais. “A troca de experiências foi muito válida e construtiva, e todos estão juntos buscando o melhor para a formação ética e pautada em condutas dentro do que é preconizado para se ter um melhor profissional no mercado”, afirmou.

PALESTRAS

‌No dia 23, os trabalhos foram abertos com o tema “Por que falar sobre Inteligência Artificial?”, com Marcelo Barros, professor titular da área de tecnologia na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Na sequência, a palestra magna de Rejane Frozza, da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC), sobre “Sonho, Ciência e Realidade na Era da Inteligência Artificial”.

O segundo dia do evento teve início com a palestra sobre “A Comunicação na Formação: Cidadania, Ética e Inteligência Artificial”, ministrada por Fabiana Poltronieri, do Centro Universitário das Américas FAM, de São Paulo. Na oportunidade, ela destacou como a tecnologia pode auxiliar a prática profissional, mas “nunca ser substituta do profissional de saúde com uma visão humana e ética na prestação de serviços à sociedade”.

‌O “Cuidado e acolhimento na Era Digital: como formar Nutricionistas?” foi o tema da segunda palestra do dia, com a nutricionista Vanille Pessoa, professora do curso de Nutrição da UFCG. e mediação do conselheiro federal do CFN, Bruno Reis.

“O lugar da extensão na formação do nutricionista” deu continuidade ao evento no período da manhã. O painel contou com a participação de Irene Coutinho, do Centro Universitário SENAC, Márcia Viana, da Universidade Federal do Rio de Janeiro em Macaé e Pedro Cruz, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O debate foi mediado pela Comissão de Avaliadores do CFN, seguido com a realização de oficinas de trabalho e apresentação dos resultados.

‌O último painel do V ENFP abordou as “Implicações da Educação à Distância na formação em Saúde”. O debate teve como facilitadora a vice-presidente do CFN, Kátia Guimarães, e contou com a participação de Anderson Luiz Bezerra da Silveira, do Conselho Nacional de Educação (CNE); Francisca Valda da Silva, do Conselho Nacional de Saúde (CNS); Gustavo Rizzo, do Ministério Público do Trabalho (MPT); e Maria Helena Sampaio Andery, da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (SERES/MEC).

“Sem dúvidas termos um saldo muito positivo neste evento. Foram palestras ricas e debates muito produtivos para nós e, principalmente, para os convidados deste último painel. Temos a certeza que continuamos no caminho certo na formação, defendendo a presencialidade no ensino em saúde, mas também receptivos às novas tecnologias. Só temos a agradecer a todos os participantes que contribuíram para a realização deste evento”, ressaltou Kátia Guimarães.

COMPROMISSO

‌Durante todo o debate do último painel os professores e coordenadores de curso tiraram dúvidas e relataram experiências relacionadas à presencialidade nos cursos da área de saúde, que não seriam possíveis na modalidade EaD. Os convidados reforçaram o compromisso institucional na defesa do ensino de qualidade na área da saúde e preocupação com o atual quadro de expansão do ensino a distância como uma ameaça à formação qualificada dos futuros profissionais.

Gostou? Compartilhe nas suas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

SAIBA TUDO SOBRE AS ELEIÇÕES NO CRN-9

14/03/2023

O processo eleitoral para o pleito 2023-2026 do Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª Região (CRN-9) começa

Ler mais

Setor de Fiscalização garante ampliação no nú

17/06/2021

Por intermédio do setor de Fiscalização do CRN-9, a Secretaria Municipal de Educação de Conselheiro Lafaiete acaba

Ler mais

CRN-9 integra Seminário da Frente Parlamentar de

22/04/2022

Será realizado, no dia 28 de abril, na Câmara dos Deputados, o Seminário da Frente Parlamentar de

Ler mais

EXEMPLOS DE DOCUMENTOS VÁLIDOS:

• DESEMPREGO: Termo de rescisão de contrato onde conste a informação do desligamento do cargo/função. Cópias simples da Carteira de Trabalho (CTPS) que comprove desemprego: todas as páginas da carteira, desde a folha de identificação (foto), incluindo as páginas seguintes, mesmo em branco e todos os contratos de trabalho registrados, até a primeira página em branco após o último registro de emprego (não pular páginas) ou Publicação no Diário Oficial do desligamento da função.

• ATUAÇÃO EM OUTRA PROFISSÃO: Declaração da empresa empregadora contendo descrição do cargo ocupado pelo empregado; ou Cópia da carteira de trabalho ou contrato de trabalho; ou página do Diário Oficial contendo nomeação em cargo público; entre outros, conforme a situação específica; proprietário ou sócio de empresa, apresentar a cópia do comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral com o ramo de atividade ou documento similar;

• APOSENTADORIA: Comprovante de aposentadoria ou Publicação no Diário Oficial;

• MUDANÇA PARA O EXTERIOR: Passaporte/Visto ou comprovante de endereço no nome do solicitante;

• PÓS-GRADUAÇÃO: Comprovante de matrícula da pós-graduação e declaração com a descrição das atividades desempenhadas, assinada eletronicamente pelo orientador ou com carimbo da instituição;

• OUTROS: Qualquer outro documento que comprove que não está exercendo a profissão de nutricionista.